NOTÍCIAS

PRG CORROBORA TESES DA AGEPPEN-BRASIL EM ADI DE EMENDA CONSTITUCIONAL DO ACRE


O candidato que é Policial Penal desde 1988, destaca que no Espírito Santo, um dos principais motivos no atraso para a regulamentação da carreira se se deve à ‘disputa política' O candidato ao cargo de deputado federal pelo Estado do Espírito Santo, Denys Mascarenhas (Solidariedade), falou ao JTNEWS sobre suas propostas de campanha e reforçou que a regulamentação da Polícia Penal será uma das suas prioridades, caso eleito. O candidato que é operador de Segurança Pública desde 1988, destaca que no Espírito Santo, um dos principais motivos no atraso para a regulamentação da classe se deve a ‘disputa política para saber quem vai administrar ou não a nova Polícia’.

“Busco defender a Polícia Penal do nosso estado e tratar da nossa regulamentação e outros assuntos de relevância a nível nacional. A Polícia Penal foi criada em 2019 e até hoje poucos estados regulamentaram, os outros estados da federação não regulamentaram por problemas políticos ou porque querem inserir alguém que seja de fora da Polícia Penal, para gerir essa nova pasta”, disse. Com a Emenda Constitucional 104/19 os agentes penitenciários passaram a ser policiais penais, sendo equiparados aos membros das demais polícias brasileiras, mas com atribuições específicas, que serão regulamentadas em lei.

De acordo com Denys Mascarenhas, o estado do ES está atrasado em relação a outros, e que a morosidade para dá continuidade a esse plano acaba favorecendo o crime organizado.

“O que precisamos de imediato, é essa questão salarial que há uma diferença muito grande entre os estados do Brasil, Aqui no Espírito Santo, estamos bem atrás, esse questão também é muito importante para nós. Hoje nós somos uma Polícia, mas não tem um regulamento, uma Polícia que poderia estar somando às outras forças e os estados da Federação perdendo tempo de regulamentar e colocar essa força para trabalhar somando com as outras Polícias já existentes”, ressaltou.

“Os policiais penais do seu estado estão sofrendo com o descaso do Governo, refém de alguns sindicato pelego que conspira contra os interesses da categoria em prol de interesses politiqueiros, anseios pessoais. Resultado disso é que temos o pior salário do país, sofremos com péssimas condições de trabalho e estamos ficando para trás na regulamentação da Polícia Penal sem perspectiva alguma de melhora sobre a nossa terrível situação. Nesse momento!”, concluiu Denys Mascarenhas, policial penal candidato a deputado federal.

Mais informações sobre as propostas do candidato a deputado federal, Denys Mascarenhas, você encontra em:https://www.facebook.com/denysmascarenhas22 FONTE:https://www.jtnews.com.br/noticias/denys-mascarenhas-regulamentacao-da-policia-penal-sera-minha-prioridade-caso-eleito-deputado-federal-pelo-es-15192.html#.YyyElCAFFwk.whatsapp

9 visualizações0 comentário