NOTÍCIAS

NOTA PÚBLICA: GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ DESRESPEITA ORIENTAÇÃO DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

O Sindicato dos Policiais Penais e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindppen-Ce) vêm a público protestar sobre a forma como foi distribuída as vacinas para as forças de segurança do Estado do Ceará que tiveram nesta primeira leva somente 34 policiais penais para vacinação.

Cuidando de um hospital de campanha, fazendo escolta de presos para unidades hospitalares e fazendo a segurança das unidades prisionais, buscando evitar possíveis surtos entre os presos.

Diante das tarefas, o Sindppen-Ce não consegue compreender a divisão feita, que propõe 300 vacinas para um segmento que não lida diretamente com pessoas contaminadas e também não compreende, por que os policiais penais que estão na linha de frente não foram priorizados. A distribuição inclusive contraria a Resolução Nº 14 do Ministério da Justiça e Segurança Pública, publicada no dia 09 de fevereiro de 2021, que recomenda “que a vacinação dos policiais penais, bem como demais servidores que atuam no sistema prisional torna-se essencial para a manutenção da prestação do serviço público essencial sob risco de afetar a Segurança Pública”

A categoria já perdeu cinco companheiros para a COVID-19 e teve centenas de infecções. O Sindppen-Ce pede esclarecimentos sobre os critérios utilizados e de que seja priorizado a linha de frente dos servidores que lidam com a covid-19, até que todos sejam vacinados em ordem decrescente de risco. Fonte:http://sindaspce.org.br/noticias-do-sindicato/nota-publica-governo-do-estado-do-ceara-desrespeita-orientacao-do-ministerio-da-justica-e-seguranca-publica-em-nao-priorizar-vacinacao-de-policiais-penais

41 visualizações0 comentário