NOTÍCIAS

MANIFESTAÇÃO DE SERVIDORES PÚBLICOS DE SC FECHA PONTES COLOMBO SALLES E PEDRO IVO EM FLORIANÓPOLIS

Protesto de policiais civis e penais e peritos do IGP ocorre um dia após audiência pública na Alesc que debateu pontos da Reforma As pontes Colombo Salles e Pedro Ivo, em Florianópolis, foram fechadas por volta das 15h40min desta terça-feira (20) por servidores públicos de Santa Catarina, que protestam contra a proposta da Reforma da Previdência estadual. O trânsito ficou bloqueado em ambos os sentidos por cerca de meia hora. A Polícia Militar e a Guarda Municipal de Florianópolis acompanham a manifestação.


O protesto começou em frente à Assembleia Legislativa (Alesc) por volta das 13h30min. Mais tarde, os manifestantes iniciaram uma caminhada pela cidade e bloquearam todas as pistas da ponte Colombo Salles. Em seguida, fizeram o retorno pela ponte Pedro Ivo, que também foi bloqueada. A liberação total das pontes ocorreu por volta das 17h30min. A manifestação envolve delegados e agentes da Polícia Civil e da Polícia Penal e peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP) e ocorre um dia depois da audiência pública que debateu a proposta da Reforma da Previdência.

Entre os pontos reivindicados da proposta estão a criação de uma alíquota extraordinária, a redução da pensão por mortes e as diferenças entre as aposentadorias de policiais civis e militares.

Presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Adepol-SC), a delegada Vivian Garcia Selig afirmou que a luta da segurança pública civil não é por privilégios, mas por direitos justos:

- Considerando que o governo do nosso estado até então não olhou para a segurança pública civil com dignidade e Justiça. A gente não busca nenhum tipo de prvilégio, somente uma transição justa, uma idade mínima e peculariedades em face de sua atividade de risco.

​ Um delegado que participou do protesto, porém preferiu não se manifestar, relatou ao Hora de SC que a proposta do governo pode "acabar" com o trabalho da Polícia Civil.

A Associação dos Policiais Penais do Brasil esteve presente através de sua filiada Associação de Policiais Penais e Sócio Educativos de Santa Catarina com seus diretores regionais e seu vice presidente nacional da AGEPPEN-BRASIL, Ferdinando Gregório. FONTE: https: https://www.nsctotal.com.br/noticias/manifestacao-de-servidores-publicos-de-sc-fecha-pontes-colombo-salles-e-pedro-ivo-em







52 visualizações0 comentário