NOTÍCIAS

GRAVE: áudios comprovam que cúpula da SEAP-PA faz" negociação" com facção que mata Policiais Penais

Áudios divulgados na tarde deste sábado (27/03) poderão explicar o porquê do governador do Pará manter-se em silêncio sepulcral sobre a matança de Policiais Penais a mando de facção criminosa Na tarde deste sábado (27/03) tornaram-se públicos vários áudios de integrantes da cúpula de facção criminosa sediada no Rio de Janeiro com membros da alta cúpula da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Pará (SEAP-PA), em que confirma o que já vinha sendo noticiado nos bastidores do Sistema Prisional paraense, ou seja, "negociação" da SEAP-PA com a facção criminosa acusada de determinar a matança de Policiais Penais no estado paraense. O Sindicato dos Policiais Penais do Estado do Pará (SINPOLPEN-PA) emitiu Nota Pública de Repúdio ao Governo do Estado, pela omissão no enfrentamento ao crime organizado, que vem matando e atentando contra a vida de policiais penais em todo o Pará [mais de uma dezena de policiais já foram mortos em menos de 10 meses], cujo fato não tem sido capaz de tirar o governador Helder Barbalho (MDB) do silêncio sepulcral que tomou conta do chefe do Executivo, quando o assunto é a matança de policiais penais.

Seria devido a participação da alta cúpula da SEAP-PA nas "negociações" com membros da cúpula da facção criminosa, acusada de mandar matar os policiais penais no Pará?

Qual o porquê da visível omissão do governador paraense Helder Barbalho com relação a tomada de decisão acerca da permanência dessa cúpula da SEAP-PA à frente do comando da administração prisional do Estado? Conforme a Nota Pública de Repúdio do SINPOLPEN-PA a "negociação", fica clara a intenção da facção de atacar servidores do sistema penitenciário do Pará, notadamente Policiais Penais. Pior é saber que não foi tomada nenhuma providência para conter os criminosos e impedir o assassinato dos Policiais, mesmo o SINPOLPEN-PA cobrando do governador do Estado Helder Barbalho uma posição efetiva e clara em defesa dos profissionais e contra o Crime Organizado.

"É absurdo e imoral qualquer tipo de negociação com bandidos que vem tirando a vida de pais e mães de família. Por isso, iremos oficiar a todas as autoridades competentes a nível federal, bem como o Sr. Secretário Jarbas Vasconcelos e ao Sr. Governador Helder Barbalho, para que além de apurar a conduta dos membros da cúpula da SEAP-PA, tomem providências imediatas para proteger a vida dos Policiais Penais e demais servidores do sistema penitenciário, além de prender os mandantes dos crimes, estejam onde estiverem!

O Procurador Geral da República Augusto Aras na condição, inclusive de Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) será provocado visando a apurar possíveis omissões do Ministério Público do Estado do Pará, que até agora nenhuma posição de conhecimento público adotou em relação ao Governo do Pará."

Os áudios vazados em que comprovam a participação de membros da alta cúpula do governo do Estado do Pará, vinculados ao Sistema Prisional, conforme vários policiais penais, conforme policiais penais do Pará que mantiveram contato com o JTNEWS conheceram facilmente as vozes dos senhores Ringo Alex e do coronel Vicente (PM-PA), ambos integrantes de órgãos de comando do Sistema Penitenciário, inclusive o Sr. Ringo Alex ocupa o cargo de Diretor Geral de Administração Penitenciária (DAP), sendo que todos os diretores de estabelecimentos penais são ele subordinado diretamente.

OUÇA A NEGOCIAÇÃO ENTRE CÚPULAS DA SEAP-PA E DA FACÇÃO:


Não há que questionar, os áudios estão aí. Mas, o Ministério Público do Pará, tem, no mínimo a obrigação de investigar com imparcialidade toda esse episódio criminoso que jpa resultou em mais de 10 mortes de policiais penais.


Tudo isso é muito fácil de se comprovar a augtoria desses aúdios (vozes) é tão somente providenciar a perícia para detectar de quem realmente são as vozes. Chega de omissão!


Quem ouvir esses áudios vai perceber a situação lamentável e estarrecedora de um coronel como braço do Estado ter que negociar com delinquente de alta periculosidade para dizer o porquê a SEAP-PA está fazendo determinadas ações e o pior: ter que negociar determinadas situações.

Por que não chamaram o MP e o Juiz de Execução Penal, bem como a Defesnoria Pública para tratar de forma aberta e legal a situação? Que VERGONHA! Fonte:https://www.jtnews.com.br/noticias/grave-audios-comprovam-que-cupula-da-seap-pa-faz-negociacao-com-faccao-que-mata-policiais-penais-no-estado-9829.html


243 visualizações0 comentário