NOTÍCIAS

CARREATA DO SINPP - POLÍCIA PENAL DO AMAPÁ

O Sindicato dos Policiais Penais do Amapá - SINPP, organizará uma carreata com toda a categoria penitenciária, afim de demonstrar o seu completo REPÚDIO contra a decisão da Vara de Execuções Penais do Amapá - VEP/AP, que se manifestou a favor do retorno das Visitas de Familiares ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá - IAPEN.


A Vara de Execuções Penais do Amapá - VEP/AP não aceitou os argumentos expostos no Mandado de Segurança impetrado pelo Sindicato dos Policiais Penais que abordaram sobre os riscos de contágio por Covid - 19, tanto para os servidores, quanto para os familiares dos internos e os custodiados com tal decisão.


Com a revogação da suspensão das visitas de familiares no IAPEN, não há como manter o distanciamento social e tão pouco assegurar que o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel sejam respeitados dentro dos pavilhões.


Expôs ainda, dados levantados por pesquisa in loco sobre a quantidade de internos e servidores penitenciários contaminados e o grande número de afastamentos do serviço em virtude de suspeita de infecção pelo vírus Covid - 19.


E mesmo diante de todas as alegações expostas pelo Sindicato, dos estudos, pesquisas e planilha demonstrativa dos índices de contaminação carcerário o pedido de manutenção da suspensão das visitas de familiares foi INDEFERIDO.


Vale ressaltar, que em cada pavilhão se tem em média 100 a 400 internos, dependendo de suas características de regime e periculosidade.


Normalmente, aos finais de semana (sábado e domingo) o IAPEN - AP recebe aproximadamente 800 visitantes por dia.

E o quantitativo de internos em regime restrito de liberdade, atualmente já passa dos 4.000 (quatro mil) custodiados.


Outra questão que gerou mais revolta na Categoria Penitenciária do Amapá, é que, além de DEFERIDO o retorno das visitas de familiares a Penitenciária, o Ministério Público do Amapá - MP/AP recomendou ao Executivo a EXCLUSÃO da Polícia Penal do cronograma de vacinação expedido pelo governo do estado e município. Em seu entendimento o MP/AP não reconhece a Polícia Penal como integrante das Forças de Segurança Pública do Estado que encontram se na linha de frente ao combate do COVID - 19.

A vacinação dos Policiais teve início, mas foi SUSPENSO, com apenas 42 servidores vacinados de um total de 950 atuando no Sistema Prisional do Amapá.


A Carreata acontecerá dia 23 de abril (sexta feira) a partir das 07h30min da manhã.


Fonte: Sindicato dos Policias Penais do Amapá - SINPP

Presidente - PP Mesquita Machado

Vice - Presidente - PP Alexsandro Soares

Diretoria Administrativa.



87 visualizações0 comentário